Descubra qual o melhor software de gestão empresarial para pequenas empresas

Com o processo de transformação digital se revelando cada vez mais flagrante no mundo corporativo, os softwares de gestão têm se mostrado ferramentas fundamentais para a realização de um gerenciamento otimizado e produtivo. 

Com isso, a enorme gama de opções disponíveis no mercado pode gerar uma certa confusão no momento crucial da escolha por qual será o mais apropriado. 

Pensando nisso, nós, da ZapSign, preparamos este artigo, listando as principais alternativas no que se refere a qual o melhor software de gestão empresarial para pequenas empresas.

A importância de softwares na gestão de pequenos negócios

Para o pequeno e microempresário, a implementação de um software de gestão pode até parecer, à primeira vista, um investimento desnecessário, e até mesmo extravagante. 

Um olhar mais atento sobre a questão, contudo, revelará que, um gerenciamento de excelência é o primeiro passo para que cada um dos setores de uma empresa esteja sob perfeito controle e, consequentemente, para que o negócio se desenvolva de forma constante e exponencial.

Um sistema ERP (Enterprise Resourcing Planning, ou Planejamento de Recursos Empresariais), como esses softwares são normalmente chamados, serve justamente a esse propósito.

Por meio dele, é possível acompanhar toda a rotina administrativa, operacional e documental do cotidiano da empresa, desde de caixa, estoque, RH e assim por diante. Sistemas ERP realizam a gestão integrando todos os setores de uma organização.

Em empresas de menor porte, muitas vezes é comum que um número reduzido de pessoas acabe acumulando muitas funções, tendo que se desdobrar para dar conta de tudo. 

Nesse sentido, um ERP é de grande valia para que se garanta praticidade, otimização e segurança no processo gerencial da companhia. 

Todas as informações mais relevantes são computadas de forma a fornecer uma visão ampla e organizada sobre o funcionamento de cada aspecto do negócio, 

Assim, isso permite que o gestor esteja sempre preparado para tomar decisões estratégicas e para avaliar as melhores formas de cortar gastos desnecessários e alavancar a produtividade da empresa. Inclusive, há muitas opções gratuitas que podem ser consideradas.

Critérios para decidir qual o melhor software de gestão empresarial para pequenas empresas

Com tantas opções de ERP disponíveis, é preciso ter em mente que há algumas características básicas a se considerar antes de decidir qual será a solução adotada para o seu negócio.

Orçamento

Escolher um software que atenda às demandas do seu negócio é importante, e o primeiro quesito a se analisar é se aquela opção cabe no seu bolso – começar adotando uma ferramenta mais cara do que você pode arcar já te põe em risco desde o início.

Implementação

É importante que se verifique a usabilidade do ERP. Instalação, questões operacionais, alinhamento com o perfil da empresa, entre outros. Nesse sentido, softwares que oferecem um período de teste saem na frente.

Pense em como será o processo de implementação deste software de gestão empresarial. Além dos custos, instalação, visual e nível de dificuldade para os usuários aprenderem a mexer são requisitos que importam e devem estar alinhados com o perfil da empresa.

Segurança

Seu sistema lidará com informações importantes, tanto da empresa quanto dos clientes. Por isso, tenha atenção para que esses dados sejam mantidos de forma segura. É preciso que o software opere com estabilidade, além de se manter sempre atualizado.

Principais opções para decidir qual o melhor software de gestão empresarial para pequenas empresas

Baseado nesses critérios, e considerando que diferentes empreendimentos pedem diferentes soluções, listamos aqui as principais opções de software de gestão disponíveis no mercado para que você escolha a que melhor se adequar às necessidades da sua pequena empresa:

Conta Azul

O Conta Azul é um dos ERPs preferidos por pequenas e médias empresas. Isso porque ele se mostra bem completo em suas funcionalidades, além de fácil e intuitivo de ser utilizado. 

Por meio dele, é possível gerir o financeiro da empresa, integrando o software ao banco e emitindo notas fiscais, boletos e controlando caixa e estoque. Também se mostra bastante seguro e estável. 

Possui período de teste de 3 dias – após esse período expirar, é preciso escolher um plano, caso o empreendedor deseje continuar a usá-lo.

Trello

Forte referência em gerenciamento de projetos, o Trello tem como base a metodologia Kanban, oferecendo uma visualização bem clara sobre os fluxos de trabalho. 

Esse software permite o acompanhamento de métricas, a definição de cronogramas, e o envio de notificações. Por meio dele, também é possível delegar funções, criar checklists e diversas outras ações. 

Além disso, graças a sua API aberta, o Trello também é facilmente integrável a outros softwares e plataformas.

Nibo

O Nibo é outra opção de software de gestão financeira. Operando de forma simples e eficiente, através desse sistema é possível acompanhar o fluxo de caixa, além de gerenciar e automatizar todo o processo financeiro da empresa. Um diferencial do Nibo é que ele também pode ser integrado direto ao escritório do contador.

Asaas

Focado na gestão de pagamentos, o Asaas possibilita a emissão e o controle das cobranças e a geração de boletos, além de enviar alertas sobre prazos, atrasos etc. 

Ele também permite o recebimento de pagamentos por cartão de crédito, que permite a emissão e o controle das cobranças. 

Com o sistema você pode gerar boletos e enviar a cobrança para os clientes ou cobrar por meio do cartão de crédito. 

Agendor

Agendor é um software de gestão de CRM (Customer Relationship Manager, ou Gestão de Relacionamento Com o Cliente), e, portanto, a partir dele é possível acompanhar as interações entre sua equipe e os clientes, além de monitorar os estágios do funil de vendas.

Pipedrive

O Pipedrive é outra opção de CRM com bastante adesão. Esse sistema compila informações sobre o cliente, além dos históricos dos contatos realizados, de comprar, dentre outros. Também pode ser integrado a outras ferramentas.

Tiny ERP

De origem brasileira, o Tiny ERP foi desenvolvido especialmente para o microempreendedor. 

Ele é voltado para a gestão de comércio, possuindo ferramentas para emissão de nota fiscal, gerenciamento de relação com o cliente e controle financeiro, além de monitoramento de resultados. 

O Tiny ERP é um software com o propósito de padronizar as rotinas das empresas, focando no essencial para a plena operação do negócio.

e-Millennium

Voltado para empresas de varejo, o sistema do e-Millennium integrado utiliza o conceito de Omnichannel, juntando os setores online com os presenciais da empresa. Assim, torna-se possível acessar facilmente diferentes módulos, como: comercial, fiscal, de gestão de relacionamento com o cliente, SAC, e por aí vai.

Sistema Bling

O Bling é um ERP bastante usado por lojas virtuais. Um de seus destaques é uma funcionalidade através da qual é possível fazer integração com os Correios, permitindo o rastreio dos pedidos feitos. É bem simples e intuitivo, além de customizável. Seu período de testes é de 30 dias.

GestãoClick

Operacionalmente robusto, o GestãoClick é muito bem servido em funcionalidades, tendo sido utilizado por diversas empresas. Uma vantagem é que o GestãoClick pode ser acessado de qualquer dispositivo, sejam PC tablet ou smartphone.

Granatum

O Granatum é um sistema online que gera excelentes relatórios sobre diversas situações referentes às atividades da sua empresa. Também possui, como um grande diferencial, um aplicativo para Android e iOS, de forma que pode ser facilmente acessado via dispositivo móvel.

eGestorERP

eGestorERP é um sistema online, que, além de armazenar seus dados em nuvem de forma segura, se mostra bastante eficiente e intuitivo. Funciona bem para os diversos setores da empresa.

QuickBooks

Pensado especialmente para pequenas empresas, o QuickBooks proporciona excelência em suas operações financeiras. Por se tratar de um sistema online, pode ser acessado de qualquer lugar. Está disponível em dois planos diferentes.

A maioria desses programas reúnem as principais funções que uma empresa de serviços, como uma loja de calçados, vai precisar para rodar suas operações principais.

Vale lembrar que, apesar das assinaturas pagas, a maioria das opções oferece períodos de teste gratuitos, possibilitando ao lojista experimentar o software sem se comprometer.

Cake ERP

Disponível tanto em versão gratuita quanto paga, o Cake ERP é muito utilizado por empresas das áreas de e-commerce, moda, cosméticos, eletrônicos e bebidas. Trata-se de um sistema de gestão financeira completo, gerando relatórios e gráficos, e podendo ser integrado com lojas virtuais.

SIGECloud

Um dos grandes diferenciais dessa plataforma de gestão é a presença de algumas funcionalidades offline – o que permite que o SIGECloud seja acessado mesmo sem que haja uma conexão de Internet disponível.

Pipefy

Seguindo o modelo Kanban, o Pipefy gerencia os fluxos e de processos de uma empresa, dispondo de muitas funções para cada uma das áreas da companhia. Também é possível configurá-lo de acordo com as suas preferências. 

Uma particularidade interessante é que, mesmo após o final do período de testes, o modo gratuito continua podendo ser usado.

Agora que apresentamos as principais opções disponíveis e suas principais características, você agora já está preparado para escolher qual o melhor software de gestão empresarial para pequenas empresas.

Aproveitamos, então, para te convidar a conhecer a Zapsign, uma ferramenta para emissão de assinatura eletrônica que pode ajudar bastante a gerir o seu negócio!

Deixe um comentário