Como começar um e-commerce do zero em poucas etapas

Assim como iniciar um negócio de qualquer tipo, começar um e-commerce do zero pode parecer assustador em um primeiro momento. No entanto, se você é um empreendedor corajoso e quer abraçar esse ótimo cenário do mercado, no qual o setor digital está crescendo mais do que nunca, saiba que vender seus produtos online pode ser muito viável. 

Sendo assim, dependendo dos seus objetivos, pode fazer muito sentido iniciar uma loja virtual hoje mesmo. Afinal, sem a necessidade de um estabelecimento físico, o e-commerce oferece mais flexibilidade e oportunidade para muitos lojistas, como o fato de ficar aberto 24 horas por dia e sete dias por semana

Então, quer saber como começar um e-commerce do zero em poucas etapas? Continue a leitura deste artigo porque vamos te explicar tudo. Vem com a gente!

    1. Encontre seu nicho de mercado

    Antes de tudo, é fundamental que você encontre o seu nicho de mercado. Afinal, é por meio dele que você entenderá qual é a área de atuação da sua loja virtual. Assim, a partir daí, você poderá definir várias outras etapas, como as estratégias de divulgação do negócio, entre outras. 

    👉 Saiba mais: O que vender na internet.

    2. Defina os produtos que você vai vender 

    A partir do momento que você conseguir definir qual é o seu nicho de mercado, é possível descobrir várias outras coisas sobre o seu negócio. Por exemplo, quais são os produtos que serão comercializados, qual será o público-alvo e os preços dos itens. 

    Nesse sentido, é importante separar um tempo especial junto com a sua equipe para que a precificação dos produtos esteja de acordo com os valores do mercado. Isso porque ninguém merece vender produtos muito abaixo da tabela da concorrência, não é mesmo? 

    3. Escolha o nome da empresa

    O processo de definir o nome da empresa pode vir antes da ideia de criar um e-commerce do zero ou pode ser a última etapa. O ponto é: trata-se de uma das fases mais importantes na elaboração de uma loja virtual, então, é preciso ter cuidado para não errar. 

    Uma dica, por exemplo, é contar com a ajuda de um gerador de nomes. Essas ferramentas podem ser muito úteis em momentos em que estamos sem ideias, visto que elas nos oferecem insights que podem nos auxiliar até no momento de criar um logo para o negócio. 

    Na mesma linha, caso esse processo também esteja difícil, existem criadores de logo disponíveis na internet que fazem esse trabalho para empreendedores sem inspiração. 

    4. Faça um curso de e-commerce

    Um passo fundamental na etapa de começar um e-commerce do zero é se especializar na área. Claro, você não precisa ser uma referência no que diz respeito à loja virtual, mas é importante entender um pouco sobre o assunto para que o seu negócio prospere. 

    Nesse contexto, existem alguns cursos disponíveis online que ensinam o básico para lojistas iniciantes. Por exemplo, como cadastrar produtos no meu e-commerce? Ou, como eu resgato o valor da minha primeira venda online? 

    De modo geral, é importante entender que todas as dúvidas são válidas e esses cursos respondem às principais perguntas dos lojistas para que o processo de criar um e-commerce se torne ainda mais fácil e intuitivo. 

    Sendo assim, confira abaixo alguns cursos que podem ser muito úteis na sua caminhada: 

    👉 Curso de e-commerce 

    👉 Curso de vendas online

    👉 Curso de loja virtual (primeiros passos)

    5. Escolha uma plataforma de e-commerce

    Tudo entendido sobre o processo de começar um e-commerce do zero? Agora é o momento de escolher uma plataforma para hospedar a sua loja virtual. Existem várias disponíveis no mercado, então o ideal é que você faça uma pesquisa com o seu time e compare preços e funcionalidades

    Além disso, lembre-se de analisar se a plataforma escolhida conta com uma equipe de suporte. Isso pode ser bastante útil no início da sua parceria, afinal, você pode ter algumas dúvidas, então contar com o apoio de profissionais preparados pode fazer a diferença. 

    6. Defina o layout da sua loja virtual

    Plataforma de e-commerce escolhida? Chegou o momento de definir qual será o layout da sua loja virtual. Se você já tem um logotipo determinado, o ideal é que a sua paleta de cores esteja alinhada com as cores do logo. Mas, caso você queira inovar, sem problemas — só tome cuidado para as cores não destoarem muito do design da loja. 

    7. Acompanhe os concorrentes 

    Por fim, para começar um e-commerce que faça sucesso a longo prazo, é fundamental que você faça um acompanhamento frequente da concorrência. Isso é importante porque o ajudará a entender quais são as tendências que os lojistas do mesmo segmento que o seu estão seguindo, por exemplo. 

    Além disso, é importante que você acompanhe os preços e promoções dos concorrentes a fim de criar um diferencial competitivo para o seu negócio. Claro, você não ficará obcecado pelo negócio do concorrente, mas irá criar um parâmetro entre o seu negócio e o dele para que os seus clientes tenham mais vantagens. 

    Tudo entendido sobre como começar um e-commerce do zero?

    Esperamos que este conteúdo tenha conseguido oferecer um panorama sobre como começar um e-commerce do zero. 

    Como vimos ao longo do artigo, criar uma loja virtual nunca foi tão fácil (e necessário) em um cenário em que o meio digital está em um crescimento exponencial. Então, caso você esteja considerando embarcar nesse mercado, nosso conselho é que você abrace essa ideia

    Por fim, esperamos que você tenha se inspirado nas nossas dicas e que o processo de criar um e-commerce se torne mais fácil. Desejamos boa sorte e boas vendas! 

    Deixe um comentário